Certificado de participação em evento: o que você precisa saber Certificado de participação em evento: o que você precisa saber
Eventos Corporativos

Certificado de participação em evento: o que você precisa saber

Oferecer um certificado de participação em evento é uma tarefa fundamental. Afinal, o documento adiciona valor ao conteúdo apresentado. Caso você não encontre o formato adequado para o perfil do público, a certificação pode não ter a representatividade desejada.

O ideal para reverter esse quadro é investir em soluções práticas e personalizadas que façam com que todos os presentes se sintam reconhecidos. Além disso, as informações também funcionam como um atestado de presença e reforço das qualidades do currículo com foco nos interesses de cada um.

Quer saber mais? Vamos tirar todas as suas dúvidas sobre o processo de certificação no contexto geral de um evento. Siga com a leitura:

Qual a importância para os participantes?

O certificado de participação em evento representa muito mais do que apenas um atestado de presença. Na hora de produzir um documento, pense pelo lado do público. Ao participar de uma atividade agregadora, como um workshop, curso, palestra ou oficina, a pessoa deseja ter um comprovante que ateste sua presença e funcione como recordação do grande dia.

Outro ponto importante é a valorização da busca por agregar conhecimentos. Não importa qual seja a atividade, a participação mostra uma experiência diferenciada que serve como fonte de aprendizado. Com base nos interesses particulares, fica mais fácil analisar os objetivos e pesquisar outras ações relacionadas ao mesmo tema.

Todo mundo gosta de ter referências agregadoras no currículo, não é mesmo? O certificado mostra ainda a disposição individual para aprender e investir em treinamentos, sem contar a facilidade de interação com grupos segmentados. Isso tudo agrega valor ao desempenho pessoal com foco em crescimento.

Como elaborar um certificado de participação em evento?

O primeiro passo é encontrar o formato ideal do certificado. A escolha deve ser feita de forma cuidadosa para impressionar os participantes e reforçar a credibilidade do evento. Você pode optar por documentos digitais ou físicos. No entanto, redigir todas as informações de forma manual costuma ser extremamente trabalhoso.

A maioria das empresas opta por um sistema online que otimiza todo o processo. O modelo dos dados deve atender ao perfil do público e a segmentação da atividade relacionada. Por exemplo, caso seja uma ação da área jurídica, tudo deve estar detalhado formalmente com solenidade.

Já os eventos mais descontraídos aceitam figuradas animadas e uma linguagem diferenciada. Mesmo que o design seja personalizado, alguns dados essenciais devem ser inseridos para atestar a participação do público. Veja abaixo:

  • nome completo e data do evento;
  • nome do curso ou atividade;
  • carga horária;
  • local de realização;
  • assinatura do palestrante ou do coordenador da ação.

Existem formatos prontos disponíveis em páginas especializadas. Se essa for a melhor opção para o seu negócio, não se esqueça de valorizar o conteúdo apresentado. Por isso, faça adaptações e crie uma identidade visual própria que faz toda a diferença no resultado final.

Praticidade online

O certificado pode ser enviado digitalmente para os participantes. Esse formato prático é uma das principais tendências do mercado atual. Centralizar todos os dados representa uma grande evolução, uma vez que o público ganha autonomia para decidir o que fazer com o conteúdo do documento.

Tenha em mente que papéis podem ser perdidos, rasgar ou sofrer diante das condições de armazenamento. A economia com impressão gráfica também é um ponto positivo. Assim, com uma organização detalhada, esse valor tende a ser destinado a outras melhorias.

A versão online se torna ainda mais importante aos participantes. A facilidade de acesso em qualquer local é um ponto que chama atenção pela simplicidade. Com isso, a organização do portfólio pessoal também fica mais dinâmica e um aspecto cheio de modernidade.

Custos dos impressos

A estratégia de oferecer um certificado ao público se encaixa como uma maneira eficiente de reforçar uma marca ou um serviço segmentado. Porém, quando a organização opta por seguir o modelo impresso, é preciso colocar esse custo dentro do orçamento geral do evento.

Ainda que a despesa possa ser variável, deve ser contabilizada corretamente para que o retorno positivo seja calculado. Tudo depende da escolha do papel e do formato de impressão.

Existem duas possibilidades: terceirizar ou fazer pessoalmente. Para isso, pode ser escolhido um dos funcionários da empresa, já que a tarefa costuma levar tempo até que fique pronta. Se a melhor opção for imprimir em uma gráfica especializada, faça uma pesquisa com antecedência para negociar os melhores preços.

Quanto maior a quantidade de cópias, mais fácil será flexibilizar as condições de pagamento. Também é muito importante ficar de olho nos prazos. Mesmo que a lista de participantes ainda não tenha sido fechada, você precisa contabilizar uma quantidade aproximada para enviar aos cuidados da gráfica.

Tenha em mãos as informações cadastrais do público na hora de preencher o certificado. O mais importante é que tudo esteja correto para evitar constrangimentos desnecessários. Mas como imprevistos acontecem, torna-se essencial imprimir algumas cópias a mais como garantia.

Formatos adaptados

Em eventos com uma programação extensa, uma série de atividades diferentes pode ocorrer. Nesse caso, comumente alguns participantes exercem funções variadas. Dessa forma, é conveniente confeccionar diferentes estilos de certificados.

Tenha opções para os palestrantes, apresentadores de trabalhos, ouvintes ou interações em ações especializadas. Os dados devem ser atualizados conforme a função de cada um e a carga horária relacionada.

Método de Feedback

O melhor momento para entregar o certificado é ao final do evento. Assim, você pode obter um feedback dos participantes ainda no calor do momento. Essa análise detalhada funciona como um ponto direcionador na hora de elaborar o próximo trabalho e atender as preferências do público.

O método funciona também no registro de informações com a criação de um mailling atualizado a partir dos dados fornecidos no cadastro efetuado. Em caso de cursos que duram mais de um dia, uma lista de presença deve ser disponibilizada para garantir os registros exatos da carga horária.

Usar o certificado como estratégia de satisfação cria uma proximidade de relacionamento com o público. Lembre-se que com as informações corretas em mãos, melhorar o desempenho é apenas uma questão de tempo. Com um conteúdo cada vez mais centralizado, a empresa se destaca no mercado e agrega valor ao produto oferecido.

Pronto! Agora, você já conhece a importância de oferecer o certificado de participação em evento. O mais importante é estudar a fundo o perfil do público e adaptar as informações sem d eixar a praticidade de lado. O grande diferencial está na escolha correta de um formato que surpreenda e torne o conteúdo ainda mais representativo.

Gostou das informações desse artigo? Então, siga nosso Facebook  e Instagram para ficar por dentro de conteúdos exclusivos!

Você também pode gostar
Aprenda a fazer networking em eventos e não perca mais oportunidades!
Saiba como otimizar o tempo das tarefas de um evento corporativo
7 dicas para organizar a festa de final de ano da empresa

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This