Como continuar oferecendo seu curso durante a pandemia e obter sucesso

Nesta pandemia, cursos que eram oferecidos presencialmente tiveram que migrar seus métodos educacionais para a internet e, apesar dos desafios, o e-learning, ou aprendizagem via internet, está fazendo sucesso entre muitos estudantes e essa tendência só tende a aumentar. 

De acordo com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP), a oferta de vagas em cursos oferecidos pela internet já é maior que a de vagas presenciais, e uma pesquisa realizada em 2018 mostra que 44% dos estudantes já preferiam a modalidade, segundo a Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior (ABMES). 

Além de ter ganhado muitos fãs pelo mundo nos últimos meses, este modelo é uma grande promessa até 2025, quando poderá atingir o triplo da receita se comparado a 2015, faturando 325 bilhões de dólares.

Se você tem um curso presencial que não pode ser oferecido por conta da pandemia da COVID-19, ou mesmo deseja expandir a sua oferta, é a hora de apostar suas fichas em um curso online. No e-book que nós preparamos, você encontra várias dicas sobre como encontrar seu nicho, os passos para criar um curso online e como abordar os tópicos perfeitos.

Saiba como você pode migrar seu curso para o universo digital e quais os benefícios de oferecer um curso digital – tanto para você quanto para o aluno. Acompanhe!

Especifique o tema que será oferecido online

Inicialmente, você deve deixar muito bem definido o seu tema no e-learning, embora pareça algo simples, não é. Muitos pontos são diferentes nos cursos online, e a atenção dos alunos acaba mudando muito se comparado ao presencial, por isso é importante adaptá-lo bem à internet. Quanto mais preciso for o tema do seu curso, mais você atrairá um público específico. 

Escolha o formato do conteúdo

É importante pensar nos formatos dos materiais que serão disponibilizados para os alunos. Existem diversos formatos possíveis e essa escolha dependerá do perfil dos seus alunos e do conteúdo que será oferecido.

1. Videoaulas

É o modelo mais conhecido, visto que em praticamente todos os cursos ele está presente. Apesar de ser comum, não deixa de ser muito importante, já que facilita muito a absorção do conteúdo, trabalhando o  campo visual e auditivo de quem está assistindo. 

2. E-books

Geralmente acompanha as videoaulas e costumam ser muito úteis na hora do estudante se preparar para algum teste, por exemplo. Também são muito importantes para solidificar o ensinamento que foi passado durante a videoaula, já que muitos alunos não conseguem absorver 100% do que foi ensinado na aula. Ali estará o conteúdo devidamente explicado, com exemplos e imagens ilustrativas. Por isso, escolha um profissional qualificado e experiente para escrever o material do seu curso.

3. Provas

São o método mais comum de testar o conhecimento dos alunos que já passaram por alguma fase do curso e estão chegando ao final para adquirir seus certificados. Deve ser elaborado por um profissional qualificado, para que não seja uma prova banal, mas que também não seja impossível de ser realizada. 

4. Slides

É o material apresentado pelo professor durante a videoaula, muito procurado pelos alunos na plataforma do curso. Por mais que pareça algo muito simples, os slides têm o poder de sintetizar o assunto contido no e-book e é muito importante na hora do estudo. Alguns alunos compreendem o assunto do curso mais por meio dos slides do que por qualquer outro conteúdo. Por isso, invista em tutores que entendam desse tipo de apresentação.

5. Infográficos

Se o material for recheado de dados e números, os infográficos são uma boa pedida. Eles facilitam muito o entendimento de conteúdos do nicho de exatas, por exemplo, onde os números estão sempre em peso. Em alguns nichos de humanas, os infográficos também são super bem-vindos para ajudar na compreensão de algumas comparações que possam existir na matéria. 

6. Podcasts

De certo modo, é o ‘rádio’ da nova geração, uma forma inovadora de se comunicar com o estudante. Oferece uma transmissão mais rápida do conhecimento e ensina de forma divertida e direta, sem muitas formalidades e palavras complicadas.

Consequentemente, isso prende a atenção do aluno e o faz ter mais interesse no que ele está estudando. Para muitos, o podcast se torna até uma estratégia de marketing, fazendo a divulgação do curso: se o estudante gostar e recomendar seu curso a outra pessoa, você ganhará mais inscrições no curso.

Posso escolher mais de um formato para o meu curso online?

Com certeza. Não necessariamente você deve escolher apenas um dos formatos citados acima, você pode mesclar videoaulas com e-books, por exemplo, ou até mesmo juntar mais de três formatos em uma metodologia só. O importante é se reinventar e garantir que o seu curso tenha algo novo a oferecer, que seja diferente dos outros cursos da sua área.

Cuidados técnicos 

Pensando na ideia de videoaulas e podcasts é necessário ter um cuidado extra com os equipamentos que serão utilizados. Câmera, som e cenário adequado, por exemplo, precisam de um planejamento antecipado para que som e imagem oferecidos sejam de qualidade. 

Problemas com áudio, algo que causa ruídos na comunicação, gera um grande desinteresse para quem está do outro lado. Assim como uma imagem ruim, também faz com que a atenção de quem está assistindo vá para qualquer outra coisa que esteja ao seu redor, menos para a videoaula. Portanto, invista em bons equipamentos, assim como em bons profissionais para que haja cada vez mais inscrições no curso. 

Benefícios de um curso online

Muitas pessoas que antes não tinham condições de estar em um curso presencial acabaram tendo a oportunidade com o e-learning na pandemia. Além disso, também oferece diversos benefícios, como:

1. Comodidade

Os alunos podem acessar o material disponibilizado a qualquer hora e lugar, não interferindo nos seus afazeres no decorrer do dia. E você pode planejar e arquitetar como será o curso no conforto da sua casa, usando apenas uma plataforma para impulsioná-lo e divulgá-lo.

2. Segurança

Neste momento de pandemia, você já sabe que é muito importante permanecer em casa e não se expor ao vírus. Portanto, o curso online possibilita que o estudante aprenda e o professor ensine de maneira segura, sem expor eles e seus familiares, mas sem prejudicar seu andamento no curso.

3. Economia

Os cursos online possibilitam que você economize espaço, já que eles acontecem no ambiente virtual e você não precisa pagar o aluguel de um local para oferecer o curso, por exemplo, e consequentemente, acaba economizando dinheiro também.

4. Autonomia do aluno

O aluno pode acessar os conteúdos a qualquer momento e tirar suas dúvidas quando achar necessário. Isso conquista pessoas que possuem um ritmo próprio na hora do estudo. Ponto para o online.

5. Formatos dinâmicos

Diferentemente das aulas presenciais, o e-learning permite que você utilize mais de dois formatos na metodologia do seu curso, algo que gera um dinamismo maior e desperta maior interesse por parte dos alunos. Você pode inovar no online, aproveite.

6. Certificados iguais aos de cursos presenciais

Ao contrário do que muitos pensam, o seu curso online irá gerar um certificado tão válido quanto o seu curso presencial. Invista em reforçar essa questão na divulgação do seu e-learning e desmistifique isso.

Boa plataforma

Para que tudo isso seja possível, é de extrema importância que você tenha uma boa plataforma para realizar suas inscrições e oferecer um ambiente virtual para os seus alunos. Garantindo um curso de excelência e qualidade no mercado. 

O E-inscrição é uma plataforma sem custos para cursos gratuitos e eventos. E para os que são pagos, é possível sacar o dinheiro do pagamento das inscrições diretamente de uma conta bancária, sem burocracia e complicações. Se você tem interesse em ter um curso online, clique no botão abaixo.

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *