5 passos fundamentais para criar um curso presencial 5 passos fundamentais para criar um curso presencial
Dicas para produtores Organização de Eventos

5 passos fundamentais para criar um curso presencial

Cada vez mais as pessoas buscam complementar sua formação em cursos profissionalizantes ou treinamentos para profissionais. Por isso, se você quer melhorar o desempenho dos funcionários ou engajar seus clientes em uma atividade da empresa, uma boa dica é criar um curso presencial.

Além de contribuir com novos ensinamentos e motivar seu pessoal a buscar resultados mais eficientes, o curso presencial ajuda na integração, melhorando o relacionamento entre os membros de sua equipe. Já os clientes se tornam mais próximos de sua marca, criando uma relação de maior proximidade com a instituição.

Se você ficou interessado em criar um curso presencial, mas não sabe por onde começar, confira abaixo as 5 dicas que nós preparamos para você!

1. Tenha um projeto                                                              

Antes de criar um curso presencial, é fundamental ter um planejamento prévio para nortear seu trabalho. Você deve detalhar questões como o orçamento disponível, temas abordados, objetivos e público-alvo. Com ele em mãos, fica mais fácil organizar tudo exatamente como o programado, sem exceder o orçamento ou fugir dos objetivos.

Além disso, a definição do público-alvo vai ajudar a definir outros aspectos, como a divulgação, que deve ser feita pensando na maneira mais adequada de atingir essas pessoas. Se você está lidando com um público jovem, por exemplo, deve investir em uma comunicação leve em redes sociais. Já para executivos, você pode elaborar uma divulgação personalizada por e-mail.

2. Planeje o cronograma do curso

Nesta etapa da organização, você deve pensar no tempo de duração, na periodicidade das aulas, nos horários e nos temas que serão abordados em cada encontro. Organize todos esses dados em uma tabela para facilitar seu trabalho.

Você deve ajustar os horários de aula à disponibilidade de seu público-alvo. Por isso, prefira realizar seu curso fora do horário comercial ou nos finais de semana, quando as pessoas estão de folga do trabalho e livres para participar dos encontros.

3. Saiba escolher os melhores professores

Um bom curso presencial deve contar com professores capacitados para dar aulas atraentes, que estimulem a participação dos alunos e adicione conhecimentos.

Sabendo disso, escolha profissionais especializados na área em questão e que saibam como utilizar uma boa metodologia de ensino. Além disso, dê preferência a nomes conhecidos e respeitados, o que já serve por si só como propaganda para seu curso.

4. Invista em inscrições online

Para facilitar o acesso ao curso, ofereça a alternativa de realizar inscrições online. Você pode utilizar formulários disponíveis na internet ou até mesmo contratar uma empresa especializada nesse serviço, como a E-Inscrição, que fica responsável por criar a ficha para preenchimento, coletar os dados dos participantes e organizar a lista de inscritos.

5. Ofereça certificado para os participantes

Se você quer estimular a participação de seu público, é muito importante oferecer a emissão de certificados ao final do curso. Tenha em mente que muitas dessas pessoas participam dessas ocasiões no intuito de enriquecer seus currículos ou conseguir benefícios no trabalho e, para tanto, elas precisam de uma comprovação de que estiveram presentes.

Se você gostou de nossas dicas de como criar um curso presencial e quer ler mais posts como este, siga a E-Inscrição no Facebook e fique por dentro de nossas novidades.  

Você também pode gostar
Por que é importante minimizar os erros em seu evento?
Como manter a organização de um evento enquanto ele é realizado?
Como organizar uma excursão: o que você precisa saber?

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This