Da divulgação à captação de leads: saiba quais são as principais dores comerciais nas organizações

Você sabe identificar as dores do seu negócio? Se está com dúvidas sobre isso, neste artigo vamos elencar algumas das principais dores comerciais de alguns organizadores, de acordo com uma pesquisa com clientes aqui do E-inscrição. 

Essa é uma questão chave para muitos organizadores hoje em dia, principalmente no momento em que estamos enfrentando, de isolamento social, no qual muitos tiveram que migrar para a internet. 

Migrar do presencial para o online não foi uma tarefa fácil para nenhum organizador, e nós sabemos disso. Porém, para melhorar a sua gestão, é importante que você saiba identificar qual é a dor do seu negócio. Agora você pode estar se perguntando: ‘como assim?’ Mas calma, neste artigo nós vamos mostrar para você o que isso significa e quais são as principais dores dos organizadores.

O que é a “dor de um negócio”?

Se trata de um problema que atrapalha o processo comercial, ou seja, nada mais é do que o ponto fraco de um empreendimento – onde ele falha. Por essa razão, muitas vezes, o negócio acaba decaindo em alguns aspectos, seja financeiro ou não – podendo gerar um prejuízo para o organizador. 

Essa possibilidade de prejuízo vai se tornando ainda maior se o organizador não detectar as soluções necessárias para esse determinado problema.

Entretanto, antes de propor soluções e aumentar os resultados da organização, é preciso identificar quais são as possíveis dores que um negócio pode ter e saber se alguma delas se encaixa no problema identificado por você. Acompanhe:

Planejamento de conteúdo

Planejar um conteúdo nem sempre é uma tarefa fácil e requer muito esforço e disciplina, já que deve ser algo interessante e atrativo para o público.

Contratar profissionais devidamente qualificados para isso é, muitas vezes, a saída ideal para que o seu curso e/ou evento tenha um conteúdo inovador e de qualidade.

Se tratando de curso, apostar em recursos como e-books (livro digital) e videoaulas, entre outros recursos multimídias, é uma ótima estratégia para manter a atenção do aluno.

Considerando que quanto mais formatos forem utilizados na metodologia do curso, por exemplo, maiores as chances dele se tornar mais interativo e, portanto, mais atrativo aos alunos – causando uma desistência muito menor ao longo do percurso.

Os eventos não ficam de fora, já que eles também precisam de um planejamento estratégico de conteúdo, de forma que o evento não se torne chato para os que estão presentes. É importante pensar no que será exibido no evento, levando em conta do que ele se trata, para que prenda a atenção do público. 

No caso de um seminário ou workshop com slides – ou não – o organizador deve pensar previamente no que será abrangido neles e apresentá-lo de forma energética pois a interação é essencial para que o evento seja um sucesso e capte a atenção de todos.

Utilizar o marketing de conteúdo como estratégia no processo de venda é uma ótima maneira de atrair um público específico. Essa estratégia faz parte do inbound marketing. 

Inbound marketing 

É conhecido como o “novo marketing”, que tem o objetivo de atrair clientes em potencial – ou leads – para que eles queiram adquirir o produto oferecido (seja um curso, um evento ou um workshop) mas sem que o organizador tenha que ir até o cliente. É o cliente que vem  à empresa, mostrando seu interesse pela mesma.

O que muitas vezes só é possível se o organizador planejar uma boa estratégia de divulgação que atraia as pessoas de forma que elas queiram adquirir o produto.

Divulgação

Está entre uma das dores mais comuns nos negócios dos empreendedores, por não saberem como fazer e, até mesmo, não identificarem que realmente precisam dessa ferramenta. Mas, ao contrário do que muitos pensam, a divulgação é a alma de muitos negócios e sem ela é praticamente impossível atingir as pessoas atualmente.

Para que você consiga atrair cada vez mais público para o seu negócio – seja ele um curso, evento ou workshop – você precisa trabalhar em cima de uma divulgação estratégica e eficiente. Mas você pode estar se perguntando: como posso fazer isso?

Site, blog e redes sociais podem atrair mais público para o seu negócio

Investir em um site é uma estratégia necessária pois lá constará todas as informações que o público precisa ter acesso – dessa forma, poderão sanar todas as suas dúvidas e entender do que se trata a organnização.

Criar, junto ao site, um blog para divulgar conteúdos que tenham a ver com o empreendimento também é uma ótima pedida. O interessante nesses casos é investir em técnicas de SEO. 

SEO pode ser a dor do seu negócio e você não sabia

Quem nunca ouviu falar de Google, não é mesmo? Pois bem, o SEO – traduzido do inglês, Otimização para Ferramentas de Busca – nada mais é do que um conjunto de técnicas que faz com que o conteúdo publicado seja visto nas primeiras páginas nos navegadores de busca. O que ocasiona em um aumento do tráfego do seu negócio, gerando um aumento de público.

Além disso, a presença nas redes sociais é muito importante hoje em dia, visto que boa parcela das pessoas encontram os serviços que procuram pesquisando na internet e até mesmo nas próprias redes sociais. 

Antes de falarmos sobre o conteúdo postado, é necessário definir qual layout e design a página terá: esse é um fator essencial, já que uma rede social com um design próprio e autêntico, que segue uma paleta de cores e tem seu estilo de passar informação, é muito mais atrativa. 

A partir disso, é possível pensar no conteúdo das postagens a serem publicadas. É interessante investir nisso para gerar um crescimento orgânico da marca, mas também é possível investir uma pequena quantia para obter um alcance maior.

Promover publicações 

Redes como Instagram, Facebook e LinkedIn dão a oportunidade do organizador poder promover suas publicações. Ou seja, ele paga uma pequena quantia à plataforma do Instagram, por exemplo, e a mesma leva o anúncio do seu negócio para mais pessoas, isso aumenta o alcance. 

Mas fique atento a um detalhe importante: para poder promovê-las, é necessário que a conta esteja configurada como uma conta comercial e não pessoal.

Toda essa divulgação contribui muito na captação de leads para o seu negócio, característica que também pode ser motivo de uma dor comercial.

Captação de leads   

Vamos começar com a pergunta de muitos organizadores: o que é lead e o que ele traz para o negócio?

O lead é um cliente em potencial. É aquela pessoa que mostrou interesse pelo produto oferecido e já forneceu algumas informações. Por exemplo, esse cliente em potencial demonstrou interesse no seu produto fazendo um cadastro no site e forneceu alguns dados no formulário que preencheu. 

A partir disso, o time de vendas – ou até mesmo o empreendedor, se ele não tiver uma equipe formada ainda – deve entrar em ação: entrar em contato com essa pessoa, apresentar a marca e o seu serviço e marcar uma reunião. Nessa reunião você pode capturar mais a atenção desse cliente em potencial e, se persuadir bem, poderá fechar o negócio com sucesso. 

Durante o período da pandemia da COVID-19, o inside sales foi uma ótima saída para as reuniões que não poderiam ocorrer presencialmente – e com certeza fez sucesso antes da pandemia, e continuará fazendo depois.

Inside Sales

Nem sempre essas reuniões que são feitas precisam ser presenciais. Muitas delas podem tranquilamente serem feitas via telefone ou internet, com ferramentas de vídeo e áudio. Mas o que isso significa? 

O organizador pode fazer contato com um lead de qualquer lugar do Brasil e do mundo, sem sair da sua casa. Isso aumenta as chances de fechar mais negócios e, assim, gerar mais lucro para a organização.

Mas você pode estar pensando agora: como capturar leads? Essa é uma pergunta comum, mas acompanhe as próximas dicas para saber:

Tudo começa na homepage do seu site 

Definir o que estará na homepage é uma questão de organização, produção e disponibilização de conteúdo. 

Na homepage, ou página inicial, do seu site as informações devem ser colocadas de forma que as pessoas entendam logo de cara: do que se trata a sua organização, o que ela oferece e quais os benefícios para esse possível cliente. E que informações são essas?

Como falamos acima, um site bem estruturado junto a um blog é uma ótima forma de divulgação, mas também é uma forma de capturar leads. 

Disponibilize as informações na página inicial visando atrair o público a conhecer sobre o negócio. Nessa homepage devem constar:

  • Alguns dos artigos mais interessantes do blog;
  • Informações sobre o serviço ou produto;
  • Inserir fotos, títulos e subtítulos atrativos e textos curtos que captem a atenção do público;
  • Eventos online podem ser muito úteis para captar leads
  • Chamadas de ação ou call to action. Na maioria das vezes é um botão que direciona a pessoa à uma página de inscrição.

Mas a captação de leads só é possível quando o organizador atrela seu site à uma boa plataforma – o que também pode ser a dor do negócio de muitas pessoas.

Uma plataforma fácil de usar e funcional pode ser a solução para a dor do seu negócio

Sem uma boa plataforma não é possível realizar nenhuma das tarefas citadas acima. Portanto, essa se torna uma dor comercial muito comuns no meio dos negócios também.

A plataforma deve oferecer funcionalidades importantes, como: suporte e auxílio ao organizador, facilitando cadastro de pessoas em eventos e/ou cursos, ser fácil para os clientes poderem navegar e oferecer o pagamento de forma fácil e rápida. 

O E-inscrição pode te oferecer esse e outros ótimos serviços, como:

  • Envio de e-mail para os seus inscritos ou sua lista de contatos para divulgar seu curso e/ou evento;
  • Garante sua gestão e controle com uma página de pesquisa de inscrições, na qual os dados são convertidos para uma planilha;
  • Formulários personalizados a fim de facilitar o cadastro de novos inscritos em eventos ou cursos;
  • Venda de opcionais: possibilita a venda de serviços adicionais, como camisetas, workshops; 
  • Página do evento ou curso com design moderno e simples de configurar.

Aprimore seu negócio com a nossa plataforma, não perca tempo e clique no botão abaixo.

Conseguiu identificar algumas dessas dores comerciais na sua organização? Conta aqui para a gente quais são as dores do seu negócio!

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *