Empreendedorismo feminino: mulheres que inspiram

Muitas mulheres têm o desejo de empreender, porém têm receio de dar o primeiro passo. Por isso, em homenagem ao Dia Internacional da Mulher, o E-inscrição traz histórias sobre empreendedorismo feminino que deram certo para inspirar você. 

Atualmente, muitas mulheres protagonizam o ramo dos negócios. De acordo com a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (PNADC), realizada pelo IBGE, cerca de 9,3 milhões de mulheres comandam suas empresas no Brasil e esse número só tende a aumentar.

Você já deve ter parado para pensar “qual é a principal característica de uma empreendedora de sucesso?”, e na verdade a fórmula para o sucesso é mais simples do que imaginamos: perseverança, amor ao que se faz e uma boa rede de networking também, segundo grandes empreendedoras.

Entre um universo de mulheres empreendedoras de sucesso, selecionamos aquelas que, em tempos de pandemia, estão se reinventando e também estão entre as que mais impactaram outras mulheres aqui no E-Inscrição, uma vez que realizam seus cursos pela nossa plataforma. 

Cristina Ruffatto: da xepa da feira ao sucesso no ramo da confeitaria

Cristina Ruffatto é dona do Atelier de Bolos & Doces na Baixada Fluminense, membro da Korea Design Cake Art Association – Master Instructor/Professor Nível Pleno e nasceu no morro do Falcão localizado em Belford Roxo, Rio de Janeiro. 

Com apenas nove anos de idade, começou a cuidar de sua família quando recolhia restos de alimentos da feira para levar para casa. Trabalhando desde muito cedo, teve que largar os estudos aos 11 anos de idade para trabalhar em casas de família. 

Aos 15 anos retomou seus estudos e se formou entre os 10 melhores alunos do supletivo que ficava a 6 km de sua casa. Algum tempo depois, se formou em Tecnologia da Informação e Processamentos de Dados pela UNIABEU. 

Mas um fato curioso desviou Cristina de sua área de formação: no dia do seu casamento, Cristina recebeu o bolo totalmente diferente do que havia pedido e não queria que mais ninguém passasse por isso. 

Ela decidiu que trabalharia não apenas com bolos e doces, mas sim, com os sonhos das pessoas. Cristina fundou seu atelier e se tornou membro da Korea Design Cake Art Association. Com o sucesso dos seus bolos, as encomendas foram aumentando cada vez mais e junto com elas um pedido especial de suas clientes: um curso ministrado por Cristina.

Em 2015 Cristina deu sua primeira aula para alunas-amigas e desde então nunca mais parou. Ela lecionou para mais de 10 mil pessoas, em cursos presenciais e online. “Eu trabalhava apenas com encomendas e nunca imaginei que um pedido atendido abriria inúmeras portas”, confessa. 

Com seu negócio se expandindo cada vez mais, precisava de um sistema que pudesse auxiliá-la com profissionalismo e qualidade e, se possível, com uma taxa em conta, então iniciou sua parceria com o E-inscrição. 

Elaine Cardozo: de mulher para mulher, uma vida dedicada ao ministério

Elaine Cardozo, nascida no Rio de Janeiro, é formada em Pedagogia e Administração Pública, com especialização em gestão de pessoas, psicopedagogia, teologia e aconselhamento pastoral, além de ser master coach pela Act Coach. 

Ela construiu uma carreira de 17 anos dedicada à gestão pública e projetos governamentais, até que decidiu renunciar sua extensa carreira para ser pastora em tempo integral e voltar sua vida a seu propósito: uma vida dedicada a Deus. Hoje em dia tem mais de 20 anos de experiência em sua vida ministerial.

Nesse meio tempo, foi pastora auxiliar, pastora, fez sucessores, criou novos pastores e fundou uma igreja ao lado de seu esposo Wallace Cardozo: a Atitude Petrópolis, que em 1 ano e meio já conta com 447 membros e 72 células. Apesar de tudo isso, decidiu seguir uma nova direção, além de um sonho antigo: a mentoria para mulheres. Hoje, Elaine é mentora de esposas de pastores, pastores e pastoras, líderes e igrejas na implementação da visão celular e célula Kids. 

Segundo Elaine, a mentoria não é apenas um curso, mas sim um percurso no qual ela ajuda outras mulheres a usarem sua história de vida em função da vontade de liderarem outras mulheres e estarem no centro da vontade de Deus. Então, ela criou uma metodologia específica e fez a parceria com o E-inscrição por já conhecer e confiar na plataforma, que a ajudou a realizar eventos de grande porte para mais de 2 mil pessoas.

Mentoria durante a pandemia 

Sua metodologia foi construída para modalidade presencial, mas a pandemia chegou e praticamente obrigou Elaine, que nunca havia confiado em eventos pela internet, a tentar esse novo universo digital. 

Segundo ela, a experiência com o curso online foi surpreendente e fantástica, e o E-inscrição a ajudou a obter ótimos resultados. “Com as ferramentas de controle e todo o suporte que o E-inscrição oferece, o que começou como atividade paralela, hoje se tornou minha atividade principal”, conta Elaine.

Seu curso online tem 12 módulos com 60 horas aula, contando com atividades individuais e em grupo, mais de 36 horas de aulas e ainda 1 hora de atendimento exclusivo e individual, chamado de ‘master class’. 

Ao final, todas as alunas recebem seu certificado e todo o material e metodologia usados no curso para que elas mesmas possam montar sua própria mentoria, com o objetivo de levar para frente o ensinamento que as ajudaram a se conectar com Deus e com o seu interior. 

Em apenas sete meses, Elaine auxiliou mais de 300 mulheres a descobrirem sua verdadeira identidade, mergulhando nos princípios bíblicos para entenderem o protagonismo da mulher no âmbito social, político, econômico e religioso. 

Para ela, o segredo é acreditar em si mesma e não se importar se você tem as melhores condições ou não, o importante é começar. Foco e determinação são características que ajudam muito no desenvolvimento do projeto. “Comece! Comece onde você está e use aquilo que você já tem, não reinvente a roda.”, diz.

Depois de ver todas essas histórias de mulheres incríveis, ficou inspirada a fundar seu negócio ou impulsioná-lo? 

O E-inscrição pode te ajudar! Uma plataforma sem custos para eventos gratuitos, e para eventos pagos, é possível sacar os pagamentos das inscrições diretamente para uma conta bancária, sem complicações ou burocracias

Se quer expandir seu negócio e impulsionar seu empreendimento com eventos de qualidade, clique no botão abaixo!

Certamente você tem uma ideia na cabeça. Um sonho. Agora, vamos conhecer uma empreendedora serial em diversos mercados para lhe mostrar que é possível fazer acontecer. 

Cristina Arcangeli, uma empreendedora multitalentos: empresária, apresentadora e palestrante

Cris Arcangeli, como é mais conhecida, é uma empresária serial brasileira que tem o espírito do empreendedorismo no sangue desde muito nova, quando iniciou sua jornada nos negócios. Nascida em São Paulo e com formação em odontologia e especialização em endodontia, Cris atuou na sua área de formação durante cinco anos e depois resolveu se lançar no mercado da beleza. 

Seguindo seus ideais de produtos menos agressivos possíveis aos consumidores, criou a Phytoervas em 1986, marca de produtos para cabelos que tinham o diferencial de conter menos química e não ter sal na sua fórmula, já que foi comprovado que o sal faz muito mal para os fios. 

Você sabia que a Cris praticamente criou a São Paulo Fashion Week, maior evento de moda do Brasil?

Com toda a sua visão estratégica e gosto por moda, aproveitou o sucesso que os produtos da Phytoervas fizeram e criou os eventos Phytoervas Fashion Awards e o Phytoervas Fashion. O último deu o pontapé inicial ao São Paulo Fashion Week, conhecido por ser o maior evento de moda do Brasil e que deu oportunidade a muitos estilistas brasileiros, já que antigamente quem ditava a moda eram os estilistas internacionais. 

O mais impressionante é tamanho sucesso e engajamento que os eventos tiveram, já que foram assistidos por mais de 60 mil pessoas e transmitidos pela MTV.

No ano de 1998, Cris vendeu a Phytoervas para Bristol Mayers Squibb e assinou um contrato se comprometendo a ficar sete anos sem lançar nenhum produto no mercado de produtos capilares. Mas isso não a impediu de seguir empreendendo. Depois disso ela fundou mais 4 empresas focadas em beleza: 

  • Éh Cosméticos, empresa de produtos orgânicos;
  • Beauty’in, do segmento aliméticos – alimentos com funções de cosméticos;
  • Phytá, marca internacional de cosméticos; e
  • PH Arcangeli, distribuidora de cosméticos internacionais no Brasil.

Além das empresas, ela também tem dois boletins diários na rádio Alpha FM há mais de 10 anos, é conselheira da Endeavor, sócia do Fundo de Investimento Phenix e foi apresentadora feminina do programa Shark Tank Brasil, no canal Sony, junto a outros “tubarões”. 

A empreendedora ainda dá palestras no Brasil e pelo mundo sobre empoderamento, empreendedorismo feminino, beleza e inovação e escreve em um blog sobre saúde, beleza, moda e bem estar. É currículo que não acaba mais. Ela garante que o dinheiro é uma consequência de se fazer o que ama. “É preciso ter paixão, amar o que faz. Aí sim, o dinheiro virá como consequência.”, explica.

Sobre o Autor

0 Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *