Organização de Eventos

Check-list para eventos: aprenda a elaborar uma eficiente!

Ainda que se tenha anos de experiência em organização de eventos, não é possível garantir que lembraremos de todos os detalhes sempre. Se a experiência na área ainda não é grande, as probabilidades de esquecimento são maiores. Por esta razão, é imprescindível construir uma check-list para eventos que te guiará durante o planejamento e execução.

A lista de verificação ideal é aquela que contempla todos os itens necessários para a realização de um evento. Isso significa que ela é variável, sendo necessárias adaptações para cada demanda ou momento. No entanto, alguns itens são básicos e imprescindíveis para que qualquer evento aconteça. Hoje vamos abordar esses pontos fundamentais que devem estar em todo check-list para eventos.

Informações gerais sobre o evento

O primeiro item de uma check-list para eventos é um resumo geral do acontecimento. Esse tipo de informação se faz necessária a cada decisão a ser tomada e precisa ser conhecida por todos os envolvidos. Local, horário, objetivo, perfil do público, número de participantes, telefone e e-mail do responsável são informações mínimas requeridas.

Relação de fornecedores e responsabilidades

É fundamental ter à mão todas as informações referentes a cada um dos fornecedores. Isso inclui nome da empresa, nome do responsável, e-mail e telefone. Em seguida, enumere as responsabilidades de cada profissional. Dessa forma, fica fácil avaliar o que já foi feito e o que ainda está pendente para que seja cobrado.

Inclua também o horário previsto para chegada e saída de cada fornecedor. Lembre-se de que isso deve ser combinado e confirmado anteriormente com as empresas. É uma ação que evita desencontros e correrias de última hora. Além do mais, pode acontecer de um profissional depender de outro para realizar seu trabalho. Neste caso, o atraso causará um efeito dominó.

Recursos – materiais de apoio

Itens dos mais variados tipos podem entrar nessa relação: canetas, flip charts, rádios de comunicação, lista de convidados, crachás, entre outros. Nesse caso, o check-list é um pouco mais específico, podendo variar a cada evento. A forma mais fácil de não esquecer de incluir nada nessa lista é pensar em cada fase do acontecimento.

Cronograma de ações

Como o próprio nome já diz, o cronograma de ações garante que nenhuma tarefa relacionada ao evento seja negligenciada. O mais indicado é que sejam feitas listas de afazeres para cada momento do evento: pré, durante e pós. Através desse documento será possível checar item a item o que deve ser feito em cada etapa.

David Allen, autor do método GTD (Getting Things Done), diz que para produzirmos mais, devemos esvaziar todas as nossas caixas de entrada. Certamente, a que mais nos perturba é a própria mente. Quantas vezes não nos lembramos de alguma coisa importante durante o banho ou antes de dormir? O ideal é anotar aquela lembrança e livrar a sua mente dessa preocupação.

Esta é uma das razões pelas quais o check-list para eventos torna-se tão importante e funcional. É uma forma de termos certeza de que tudo está sob controle e de que nada será esquecido. Embora, seja o tipo de documento que deverá ser melhorado a cada acontecimento, até que se chegue ao modelo ideal. E para otimizar o trabalho, use uma plataforma para gestão de eventos. Assim, as tarefas operacionais serão automatizadas e haverá mais tempo para focar no check-list.

Quer ser o primeiro a saber sobre a publicação de novos artigos como esse? Então assine nosso newsletter e receba em primeira mão nossas postagens!

Você também pode gostar
Aprenda como escolher um fornecedor para o seu evento
Aprenda a fazer a captação de recursos para eventos
Saiba como conseguir patrocínio para eventos em 4 passos

Deixe seu comentário

Seu comentário*

Nome*
Site

Share This